Paris + 07.01.2015

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pelos colegas parisienses da Revista Charlie Hebdo, e vítimas da barbárie. Um dia, quem sabe, voltaremos a sorrir e a viver de novo. Em Paz!

Anúncios