Passenger: Young as the morning old as the sea

passenger

Discos alternativos que caminham para o folk e estão no guarda-chuva chamado índie surpreendem pela diversidade e muitas outras vezes pela força que se apresentam. Passenger chega dos estúdios com Young as the morning old as the sea celebrando o seu jeito folk e interiozidado de suas letras na voz de Mike Rosenberg, também compositor. Então, o acústico e mesmo a guitarra elétrica ganham eloquência na poesia que desfila soberana pelas dez faixas do álbum. Pode-se aqui e ali fazer alguma comparação, até mesmo com o bardo Van Morrison ou com nuances de R&B, pouco importa, o que importa é que Young... é denso, inspirado, um chamado para ser ouvido, escutado com calma e várias vezes. Como agora.

Anúncios