Gastão Villeroy: Amazônia Amazônia

Amazonia

O matiz fronteiriço de Gastão Villeroy foi o primeiro passo. Depois, as raízes brasileiras ganharam mais corpo. E a universalidade chegou, quem sabe, com Milton Nascimento. Baixista da banda de Bituca, um dia qualquer na Itália ao passar o som, Milton ouviu sua voz e o instigou a seguir em frente. Naquele show, fez vocal em “Morro Velho”. Assim, Amazônia Amazônia despertou do sono e da espera que habitava o gaúcho de São Gabriel. Uma gama de canções em português, inglês e espanhol, convidados, instrumentais, jazz, influências do Prata, da vida, das Geraes estão alojadas em dez faixas que nos convidam a mergulhar no mar de suas melodias.

 

 

Anúncios