Fotografia: Olhar, sentir e viver, apenas (Look, feel & live, only)

Digital 10 (2)

Geleiras 12 (2)

Geleiras 17 (2)

Lagos 2 (2)

Lagos 5 (2)

Fotos: Chronosfer. Patagônia, Argentina e Vulcão Osorno, Chile. A simplicidade da natureza é transformadora. Convice com as diferenças. Com a diversidade. Acolle. Há nela os extremos em harmonia. Montanha, neve, o verde exuberante das matas, as nuvens acariciando os topos nevados. O  silêncio da vida e o silêncio na vida. Ainda não aprendemos a ser harmônicos com a natureza. Ela olha, sente e vive. Nós, nem sempre.

Patagonia, Argentina and Osorno Volcano, Chile. The simplicity of nature is transformative. Concive with the differences. With diversity. Acolle. There is in it the extremes in harmony. Mountain, snow, the lush green of the woods, the clouds caressing the snowy tops. The silence of life and the silence in life. We have not yet learned to be harmonious with nature. She looks, feels and lives. We do not always.

Fotografia: Olhar, simplesmente (Look, simply)

IMG_6972

1814

1815

586

1601

525-001

Fotos: Chronosfer. O olhar, simplesmente, quando o mergulho é apenas sentir mais que o lugar a vida que nele vive e acolhe outros olhares. É o fluxo cotidiano desse viver e ao mesmo tempo saber que nada nos pertence assim como tudo é parte da nossa alma.

The look, simply, when diving is only to feel more than the place the life that lives in it and welcomes other looks. It is the daily flow of this life and at the same time to know that nothing belongs to us as everything is part of our soul.