The Waifs: Beautiful You

The-Waifs

O folk australiano já bateu às portas desta casa e entrou com o Angus e a Julia Stone. Não saíram mais, e frequentam os espaços por onde faço o meu caminhar. Agora, assim de repente chegam The Waifs.As irmãs Vikki Thorn (harmônica, guitar e vocal) e Donna Simpson (guitar, vocal) mais Josh Cunnigham (guitar e vocal) também formaram um trio com a essência do folk rock. A história é comum a tantos encontros que aqui e ali ao longo do tempo acontece e se desenvolve até se transformar em um grupo de densidade musical forte e de identidade. Claro que o universo folk se abre para as semelhanças e influências diversas, o que é algo que mais agrega e constrói que qualquer outra forma de comparação. E as semelhanças são positivas, pois os elementos harmônicos e vocais cumprem papel decisivo para que as tessituras que criam possam ganhar voos mais altos e distantes. O sétimo álbum dos Waifs, Beautiful You, possui essas características e se insere naquela música que a gente sente prazer e alegria em ouvir seja ao amanhecer seja ao anoitecer, quem sabe quando a tarde estiver longa demais. The Waifs, para se guardar e ouvir.

Anúncios

Angus & Julia Stone: o folk australiano

Angus

Surpresas são bem-vindas. E se forem maravilhosas, melhor ainda. Sempre passo pelo site http://www.allmusic.com . Fico atualizado, e sei que um grande número dos lançamentos e sugestões ali indicadas não chegará ao Brasil. Se aportarem por aqui, a repercussão será diluída, pouca e passará distante do público. Assim, a cada três dias pelo menos aciono o “allmusic”. Em uma dessas visitas, a surpresa. Vinda da Austrália. Angus & Julia Stone. Estava sendo lançado o álbum Angus & Julia Stone, um vigoroso trabalho que solidifica a criatividade dos irmãos desde 2006, data em que iniciam a carreira em dupla. Assisti ao vídeo da dupla. E assumi logo que gostei. Mesclam, naturalmente, o folk com o blues, o rock, até mesmo o country. Ambos possuem timbres de voz diferentes e ao contrário do que se possa imaginar, se complementam. Da mesma forma, suas composições começam com trabalhos individuais até o momento que suas harmonias e texturas se unem para então se tornarem definitivas.

Angus 1º

Em um cenário multifacetado da música, Angus e Julia é um sopro novo. Necessário, os australianos conquistam espaço com sensibilidade o que em geral falta a muitos grupos indie, de rock ou de qualquer outro gênero que vez por outra aparecem com guitarras sujas, vocais dilacerados no pior sentido, harmonias convencionais e sem surpresas. Talvez, Angus e Julia não sejam o máximo que possa também se imaginar, porém estão muito à frente com seu jeito doce e envolvente, vocais surpreendentes, toques mágicos que nos fazem cúmplices. Desde A book like this (2007), passando por Down the way (2010) e entre vários singles como Chocolates & Cigarettes, Mango Tree, The Beast ou Just a boy, marcam presença no universo da música. Sem concessões. O Trabalho possui a assinatura de ambos e é deles toda a essência que nos transforma. Surpresa? Sim, para quem não os conhece. Realidade para quem os escuta. Sugestão: a compilação de seus trabalhos lançada em 2010: Memories of na old friend. Disco para ser companheiro para todos os momentos.

ANJU

www.youtube.com/watch?v=nbRFxx1049I

www.youtube.com/watch?v=QlXiGj85rOA

www.youtube.com/watch?v=eefVgc_qhxg

Reproduções das capas: capturadas na Internet.