Fotografia: A simplicidade do olhar (The simplicity of the look)

IMG_8401 (2)

IMG_8468 (2)

IMG_8514 (2)

Fotos: Chronosfer. Gosto de caminhar pelas ruas da cidade. Gosto de olhar o que as ruas me revelam. Às vezes, encostada em uma parede uma pia e em reflexo o dia, quem sabe uma árvore já cansada pelos anos e começa o lento curvar do seu corpo, ou ainda um prédio abandonado também revelando pela sua janela um outro lado da mesma rua. A vida é sempre um viver contínuo.

I like to walk the streets of the city. I like to watch what the streets tell me. Sometimes, leaning on a wall a sink and reflecting the day, who knows a tree already tired by the years and begins the slow bend of his body, or an abandoned building also revealing through its window another side of the same street. Life is always a continuous life.

Anúncios

Fotografia: Dentro da retina outros reflexos (Inside the retina other reflexes)

IMG_8444 (2)

IMG_8462 (2)IMG_8423 (2)

Fotos: Chronosfer. Apenas o olhar encontrando na simplicidade da natureza e da materialidade um sentido mais interior. Folhas em transição, reflexo em janela ou flores crescendo à beira da rua. É a vida se manifestando dentro dos olhos.

Just the finding look at the simplicity of nature and materiality a more inner sense. Leaves in transition, reflection in window or flowers growing on the edge of the street. It is life manifesting within the eyes.

Fotografia: A vida por alguns fios (Life for a few wires)

IMG_8384 (2)

IMG_8385 (2)

IMG_8386 (2)

IMG_8387 (2)

Fotos: Chronosfer. Os pássaros nos ensinam a viver com amor e simplicidade. Com persistência e sonhos. Não importa onde repousam seus corpos cansados pelo dia. Em meio a tantos fios e postes e galhos de árvores, a casa acolhe. A vida é feita de viveres como os dos pássaros. Um dia aprenderemos.

Birds teach us to live with love and simplicity. With persistence and dreams. It does not matter where your tired bodies lay by the day. In the midst of so many wires and poles and branches of trees, the house welcomes. Life is made of things like birds. One day we will learn.

Fotografia: Formas do olhar (Ways of looking)

IMG_8367 (2)

IMG_8368 (2)

IMG_8369 (2)

IMG_8370 (2)

Fotos: Chronosfer. Um simples desenho recortado em formas diferentes em uma pequena cerca instiga o olhar. O tempo cravado na madeira, suas marcas, as formas revelando o outro lado da vida, o verde da natureza, um quê de concreto da civilização, outro quê de sentimentos humanos. São as formas que falam. Os olhos olham e se deixam molhar por outro tempo.

A simple drawing trimmed in different shapes on a small fence instigates the look. The time embedded in the wood, its marks, the forms revealing the other side of life, the green of nature, a concrete thing of civilization, another of human feelings. These are the forms that speak. The eyes look and allow themselves to be wet for another time.

Fotografia: Este amigo chamado tempo (This friend called time)

IMG_8361 (2)

IMG_8362 (2)

IMG_8363 (2)

IMG_8364 (2)

IMG_8365 (2)

Fotos: Chronosfer. Contêineres contam e guardam histórias do tempo. Ali, encostados à beira das horas, testemunham os minutos e os segundos se transformarem. Conhecem o sol e a lua. Conhecem os passos de quem vive a vida das ruas. E depois, em silêncio, revelam em seu seu corpo esta passagem do tempo.

Containers tell and save time stories. There, leaning against the hour, witness the minutes and seconds become. They know the sun and the moon. They know the footsteps of those who live street life. And then, in silence, reveal in your body this passage of time.

Fotografia: Minimalismo e um café para quem atravessar a teia de aranha (Minimalism and a coffee foe anyone who crosses the spider´s web)

IMG_8667 (2)

IMG_8771 (2)

Fotos: Chronosfer. O olhar distraído não olha. Vive e sente o momento. uma luz apagada em meio a um parede silenciosa ou o desafio de atravessar a teia de aranha e toma uma xícara de café. Vamos ao café?

The distracted look does not look. Live and feel the moment. a dim light in the middle of a silent wall or the challenge of crossing the spider’s web and drinking a cup of coffee. Let’s go to the coffee?

Fotografia: Um tempo para descansar, uma pausa para o dia a dia (A time to rest, a break for the day to day)

IMG_0337 (2)

Foto: Chronosfer. Uns dias fora, uns dias de descanso. Pouco tempo. É um bate e volta. dia 10 estarei postando de novo. (não irei fazer  nada, sem fotografia, sem internet, sem quase nada, apenas um livro, um bloco de papel e uma caneta). a vida é assim: simples e rica em sua simplicidade. até breve.

Some days off, a few days off. Shortly. It’s a bang and back. on the 10th I’ll be posting again. (I will not do anything, without photography, without internet, with almost nothing, just a book, a pad of paper and a pen). life is like this: simple and rich in its simplicity. see you later.