Fotografia: O tempo dentro dos olhos (The time inside the eyes)

IMG_2522 (2)

IMG_2533 (2)

IMG_2568 (2)

IMG_2577 (2)

Fotos: Chronosfer: Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil. Os olhos guardam memórias. As que se perdem pela ação do tempo, pela falta do nosso próprio olhar. Eles são infinitos. Em qualquer tempo. Fazem da vida o sentido e o significado.

Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brazil. The eyes hold memories. Those that are lost by the action of time, by the lack of our own look. They are infinite. At any time. They make life meaning and meaning.

Fotografia: Entre cores, sombras e luz o imaginário cria outras imagens ( Between colors, shadows and light the imaginary creates other images)

DSC02914

DSC02934

IMG_3490 (2)

IMG_4643 (3)

IMG_4718 (4)

Fotos: Chronosfer. Os olhos e olhar marcam encontro todos os dias com a vida. A de dentro e a de fora. Entre cores, luzes, sombras a vida é o espelho do imaginário. Criar para dentro faz o viver ganhar sentido e significado. A imagem passa, a vida vive.

The eyes and look mark the encounter every day with life. The inside and the outside. Between colors, lights, shadows life is the mirror of the imaginary. Creating inside makes you live making sense and meaning. The image passes, life lives.

 

Fotografia: Na alma do olhar (In the soul of the look)

IMG_1268 (2)

IMG_1372 (2)

IMG_1643 (2)

Fotos: Chronosfer. O olhar das estações. As estações do olhar. A alma sempre aberta. E o nosso olhar é o olhar da vida em eterno movimento.

The look of the seasons. The seasons of the look. The soul always open. And our gaze is the gaze of life in eternal motion.

Fotografia: Dos olhos e da alma II (Of eyes and soul II)

IMG_4435 (2)

IMG_4465 (2)

IMG_4467 (2)

IMG_4521 (2)

Fotos: Chronosfer. O olhar às vezes se desprende da técnica. Ousa. Erra. Desfoca. Cria uma nava imagem. Um novo símbolo. Uma nova leitura. O grafismo da natureza, a flor escondida entre muros, os galhos e flores e sol se deslocando. Novas formas, novos olhares. A alma acolhe.

The look sometimes comes off the technique. Dare. Erra. Blur. Creates a nava image. A new symbol. A new reading. The graphics of nature, the flower hidden between walls, the branches and flowers and sun shifting. New forms, new looks. The soul welcomes.

Fotografia: Para olhos e alma (For eyes and soul)

IMG_1525 (2)

IMG_1542 (2)

IMG_1544 (2)

IMG_1545 (3)

Fotos: Chronosfer. Os olhos e alma fazem o caminho ou o caminho faz olhos e alma? A canção me leva a tantos outros caminhos, ruas, florestas, olhos e alma. Sou o sonho de mim mesmo.

Do the eyes and soul make the way or the way makes eyes and soul? The song takes me to so many other paths, streets, forests, eyes and soul. I’m the dream of myself.

Fotografia: Da natureza, do passado e do hoje (Of nature, of the past and of today)

IMG_2133 (2)

IMG_2269 (2)

IMG_2380 (2)

Fotos: Chronosfer. Às vezes, é em pequenas lugares do “nosso” interior que a vida se mostra em todos os tempos. Pode ser uma árvore solitária, perdida em meio as ruas calçadas, pode ser um antigo prédio transformado em museu, para os olhos olhares o que um dia foi, ou ainda a lua se escondendo atrás da modernidade. Onde estamos? Em nosso interior a vida dialoga com estes momentos em silêncio.

At times, it is in small places of the “our” interior that life shows itself at all times. It may be a lonely tree, lost in the middle of the sidewalks, it may be an old building turned into a museum, for eyes to look at what it once was, or the moon hiding behind modernity. Where are we? In our interior life dialogues with these moments in silence.

Fotografia: A lua e o céu (The moon and the sky)

IMG_3604 (2)

IMG_3609 (2)

IMG_3624 (3)

IMG_3624 (2)

IMG_3610 (2)

Fotos: Chronosfer. Os movimentos da natureza, a noite, o dia, as nuvens, o colorido do sol e sua despedida, a lua entre o algodão que a protege. A vida para além do olhar. A vida fazendo seus movimentos. Vivendo a sua própria vida.

The movements of nature, the night, the day, the clouds, the color of the sun and its farewell, the moon among the cotton that protects it. Life beyond the look. Life making your moves. Living your own life.

Fotografia: Reflexos reais com olhar abstrato (Real Reflections with Abstract Look)

IMG_6971 (2)

IMG_6988 (3)

IMG_6986 (2)

Fotos: Chronosfer. É com a luz dos olhos que o diálogo ganha o brilho das retinas. E em suas águas ora adormecidas ora despertas que o movimento revela diálogos paralelos. Outros sentires. Outras luzes. Outras águas. Outros olhos. Outras retinas. O diálogo continua e avança. Crescemos na compreensão melhor da realidade.

It is with the light of the eyes that the dialogue gains the shine of the retinas. And in its now dormant waters now awake that the movement reveals parallel dialogues. Other feelings. Other lights. Other waters. Other eyes. Other retinas. The dialogue continues and advances. We grow in a better understanding of reality.

Fotografia: Diálogo entre o real e o abstrato (Dialogue between the real and the abstract)

IMG_6984 (3)

IMG_6974 (2)

IMG_7022 (3)

Fotos: Chronosfer. O real e o abstrato. Imagens reais refletidas em superfícies diversas, vidros, água. O diálogo entre ambas é o nosso diálogo cotidiano. Se há distorções nelas (imagens) precisamos olhar melhor a vida que vivemos. o diálogo entre ambas nos indicam realidades e caminhos.

The real and the abstract. Real images reflected on various surfaces, glasses, water. The dialogue between them is our daily dialogue. If there are distortions in them (images) we need to look better at the life we live. the dialogue between them indicates us realities and ways.