Fotografia: Portas e janelas, a vida sendo vivida (Doors and windows, life being lived)

IMG_7717 (4)

IMG_7718 (2)

IMG_7719 (2)

Fotos: Chronosfer. Cristal, interior do Rio Grande do Sul, Brasil. O tempo passa entre as janelas e as portas. É por onde a nossa vida também vive. E nessa passagem, revela o como vivemos, o quanto olhamos a nossa história de vida. deixamos marcas visíveis de que a nossa história pode ser contada e na sua materialidade abandonada. Somos poucos. Vivemos à sombra de nós mesmos. Aos poucos vamos perdemos nosso passado. Perderemos o presente. Não teremos futuro. São elas, janelas e portas, que ainda nos permitem sonhar.

Cristal, interior of Rio Grande do Sul, Brazil. Time passes between the windows and the doors. That’s where our lives live too. And in this passage, it reveals how we live, how much we look at our life story. we leave visible marks that our history can be told and its materiality abandoned. We are few. We live in the shadow of ourselves. Little by little we lose our past. We will lose the present. We will have no future.They are windows and doors that still allow us to dream.

Anúncios

42 Respostas para “Fotografia: Portas e janelas, a vida sendo vivida (Doors and windows, life being lived)

    • A música me acompanha desde sempre assim como a literatura. A imagem chegou bem depois e tem sido uma espécie de linguagem para mim. Fico feliz com sua presença e palavras. Meu abraço e muito obrigado.

  1. ๑•ิ.•ั๑ 📸
    Há portas abertas gritando o entre e portas amplas querendo se fechar. Eis os opostos. Um escrito escancarando reflexões.
    Beleza de texto com todos os requintes que só a poesia do poeta Chronos tem! Na tua lente a beleza crua de poema… Quantas vezes abro a porta e encontro eu mesma lá do outro lado?! Rs…◕‿◕
    Noite enluarada no teu coração.
    Beijo-te cintilante!♥ྀ ๏[-ิิ_•ิ]๏

    • Tenho feito já faz algum tempo esse registro da passagem desse mesmo tempo pelos prédios, janela, portas e juntando com a vida que construímos. A história que também destruímos. Um dia vou publicar tudo isso junto. Um beijo com estrelas.

      • My son, he had a classical guitar education and then he went on with Flaminco music. In his youth years. I started with him to know all these musicians. Music means a lot for me. Porta Alegre should be so nice, once again nice to meet you, dear Fernando, you are welcome and Thanks, Love, nia

      • I’m moved to music. always listening to something and I also have this encounter with flamenco, folk, and the proximity to Uruguay and Argentina, the tango, the milong and other genres that folklore embraces. cool your son be a musician. it is wonderful to express yourself through the mystical. Today Porto Alegre is an abandoned city but still has its charms. Happy to meet you. a coffee a tribute to that. love, fernando.

      • My son is not a musician actually, he is architect but music always in his life. I love flamenco, folk, etc. It would be so nice to follow you. Thank you so much, Love, nia

      • architecture is also a means of expression that reveals ourselves through the ages. I’m just a journalist who is slowly changing the word for the image. Thank you so much, love, Fernando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s