Fotografia: Pelas ruas e paredes de Montevidéu

Montevideo I 023 (2)

Montevideo I 028 (2)

Montevideo I 031 (2)

Montevideo I 061 (2)

Montevideo I 063 (2)

Montevideo I 082 (2)

Montevideo I 107 (2)

Montevideo I 126 (2)

Fotos: Chronosfer.

Anúncios

20 Respostas para “Fotografia: Pelas ruas e paredes de Montevidéu

  1. Olá Fernando! Tudo bem?!
    Resolvi fazer uma pequena homenagem aos queridos blogueiros de quem tenho grande alegria em acompanhar. Alguns mais antigos e outros mais recentes, por isso, fiz uma rápida menção sobre você em meu Blog, Patriamarga (https://patriamarga.wordpress.com/2017/06/04/os-melhores-blogs-de-maio/) e espero que goste!
    Parabéns pelos seu Blog e pela ótima energia que tem transmitido para mim! Em momentos tão complicados, saber cultuar e propagar as boas notícias e informações cheias de conteúdos preciosos, é um dom!
    Um grande abraço e muito obrigado!
    M.

    • Oi, Marcelo. recebo com surpresa e alegria e muita honra pela homenagem recebida. confesso que o meu blog é demasiado simples, que é feito passo a passo, e é o meu jeito de falar, escrever, é o que eu sinto, o que eu vivo. e saber que pessoas como você se sentem à vontade nele me deixa muito feliz. as palavras, que um dia soube usá-las, me escapam a cada dia que passa, mas fique sabendo que também o Pátria, e suas histórias ,já faz parte do meu cotidiano. gosto de ler. agradecer? quem agradece sempre sou eu, por ter em cada um que aqui chega e permanece, e também os que partem, um pedaço importante de mim. tenha sempre presente isso. o meu abraço sempre amigo.

      • Meu amigo, as vezes nem imaginamos que somos fonte de inspiração e referência! Simples ou complexo, o importante é ter este ótimo conteúdo que você exibe em seu Blog! Parabéns!
        Obs: É sempre uma honra ter pessoas, assim como você, acompanhando os textos. Obrigado e parabéns!
        Um abraço!
        M.

      • Há por certo muitas coisas que me ligam à leitura além do prazer: uma delas a profissão. Primeiro, como jornalista-repórter tinha muito que ler para fazer as matérias que recebia como pauta, depois o curso de criação literária que foi um sufoco mas acho que aprendi a escrever ficção e por fim ser editor de literatura. Então a profissão deu uma guinada de 180* e ainda quando leio me vem aquela coisa de “editar” o texto, algo para mim natural. Aqui, mesmo me identificando como editor, escritor, fotógrafo é o que jamais faço, aqui sou o Fernando pessoa nada de ser profissional. Tudo é feito com alegria procurando oferecer sempre algo simples e com conteúdo e ir aprendendo mais com vocês. Muito obrigado sempre. Meu abraço.

      • Como disse, ao justificar este meu texto dos Melhores de Maio, creio que a “inspiração” seja a palavra do mês! Dizer para as pessoas que nos agrada o quanto são importantes, elogiar e divulgar os que se preocupam em desenvolver um conteúdo bom e receber respostas maravilhosas como as que recebi. Nada é mais gratificante do que o reconhecimento e a troca de ideias.
        É isso… parabéns e obrigado!
        M.

  2. A trilha sonora que escolheste para essa série de fotografias, mais as fotografias em si, me fizeram lembrar de um pequeno quadro que era da minha tia avó, e que sempre prendia minha atenção por muito tempo… Um quadro tão pequenino, com uma cena de rua… Numa zona litorânea, claramente latina, que poderia ser em qualquer lugar, mas que tinha de ser Montevidéu. Agora tinha de ser. E talvez fosse mesmo, pois que ela também tinha um pente, azul, em forma de golfinho, gigantesco, que era de lá…
    E eu nunca mais esqueci aquele pequeno quadrinho que se perdeu no tempo…

    • Fattoruso, tocou com Milton Nascimento, e um monte de gente daqui. pianista de primeira linha. Montevidéu, as paredes, as ruas, as casas, as livrarias, os cafés, o Rio da Prata, tudo lá é vida e lá como em Buenos Aires me sinto em casa. sempre. meu abraço.

      • a última vez que fui -2014 – pouco mais de um mês depois meu pai partiu. o meu avô paterno nasceu em Tacuarembó, não conheço ainda, e sinto falta de voltar. agora, está complicado mas espero ir o mais breve possível.

      • Percebo. Meu pai partiu 6 meses depois de eu ter vindo para Portugal.
        Espero que consigas lá ir brevemente. E quem sabe, nos brinde, na volta, com algumas fotos para nos alimentar a vontade de lá ir também 😉
        Abraços!

      • com certeza, até porque quero refazer alguns caminhos dele, e naquele ano ele tinha ido a Montevidéu em janeiro. então, que tudo melhore por aqui e possa enfim ir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s