Gastão Villeroy: Amazônia Amazônia

Amazonia

O matiz fronteiriço de Gastão Villeroy foi o primeiro passo. Depois, as raízes brasileiras ganharam mais corpo. E a universalidade chegou, quem sabe, com Milton Nascimento. Baixista da banda de Bituca, um dia qualquer na Itália ao passar o som, Milton ouviu sua voz e o instigou a seguir em frente. Naquele show, fez vocal em “Morro Velho”. Assim, Amazônia Amazônia despertou do sono e da espera que habitava o gaúcho de São Gabriel. Uma gama de canções em português, inglês e espanhol, convidados, instrumentais, jazz, influências do Prata, da vida, das Geraes estão alojadas em dez faixas que nos convidam a mergulhar no mar de suas melodias.

 

 

Anúncios

5 Respostas para “Gastão Villeroy: Amazônia Amazônia

  1. Ao ouvir essas três músicas, ele me parece um amálgama entre Nei Lisboa e Jorge Ben Jor (pra mim vai ser sempre Jor… lol)
    Não conhecia, obviamente. Gostei imenso ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s