Poesia: Breve e Inacabado I

37631

febril
perdeu a hora
mas não esqueceu a corda

febril
perdeu a corda
dentro da hora, os ossos

febril
perdeu a voz
dentro do silêncio, os estilhaços

febril
perdeu os ossos
dentro dos estilhaços, a memória

 

Publicado em fevereiro de 2015. Para os novos leitores deste Chronos.

Foto: Chronosfer

Anúncios

6 Respostas para “Poesia: Breve e Inacabado I

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s