António Zambujo: Até pensei que fosse minha

zambujo-buarque

Alguns discos com canções de Chico Buarque seguem uma linha muito próxima das criações do genial compositor carioca. Não que seja falta de criatividade, absolutamente não, apenas que criar novos arranjos para os já extraordinários elaborados nos discos e shows de Chico parece ser tarefa quase impossível. Embora haja uma certa dose de exagero, digamos que seja isso. No entanto, toda a regra foi feita para ser quebrada. O português António Zambujo recriou a obra do mestre brasileiro a partir de arranjos construídos/criados pelo Trio Madeira Brasil. Uma sonoridade quase minimalista que foi sendo substituída aqui e ali toda a vez que uma canção pedia um instrumento se sopro, uma percussão a mais, a sanfona pontilhando novos acordes, a guitarra portuguesa desafiando o novo. Até pensei que fosse minha é notável em todos os sentidos. Zambujo gravou um disco em que é impossível quem o escuta ficar impassível. Se Chico por certo agradece, nós festejamos.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s