Osvaldo Pugliese: Três tangos

Osvaldo Pugliese

Este Chronos sempre fica mais rico quando em seu cais portam as contribuições do amigo, jornalista, músico e turfista Marcelo Fébula. A cada mês, essas águas ficam mais azuis e serenas. Agora, desce suave o tango de um dos ícones da Argentina: Osvaldo Pugliese. A palavra é do Marcelo, o agradecimento, nosso.

Três tangos de Osvaldo Pugliese

 
Osvaldo Pedro Pugliese foi uma das figuras fundamentais da história do tango. Sua orquestra, um ponto de referencia permanente. Seu estilo, uma clara influência para outros grandes músicos, como Astor Piazzolla.
Alguns estudiosos falam da Trilogia Pugliese referindo-se as três composições talvez mais representativas desse estilo singular, verdadeiro ponto de inflexão na evolução do gênero. São elas La Yumba (gravada em 1946), Negracha (em 1948) e Malandraca (em 1949).
Minha proposta de hoje para os amigos é desfrutar destas criações de Dom Osvaldo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s