Cousteau: Sirena, Nova Scotia, …

Cousteau_Album_Cover_(Palm_2000)

O indie rock comporta tantas vertentes e possibilidades. O Cousteau trilhou o caminho das harmonias bem construídas, sofisticadas, vocais ternos, melancólicos por vezes e com um jeito quase folk e um pop bem definido em suas texturas e acordes. Donos de influências marcantes como David Bowie ou Burt Bacharach, Nick Cave, já demonstra a densidade do seu trabalho. Como muitas ou a maioria das bandas, as gravações de demos foram reunidas em um álbum em 1998 pelo selo Global Warming com Cousteau. A repercussão positiva fez com que novos voos fossem dados e Nova Scotia veio a seguir também repleto de críticas aletas e animadoras. Todavia, em 2005 param até que Liam McKahey e Davey Ray Moor retomam o projeto em 2015. As suas canções possuem dramaticidade, força e são ao mesmo tempo encantadoras.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s