Mani Padmed Trio: Depois

Mani Padme

Um trio que reverencia a música. Seja de onde for, seja do lado de cá do hemisfério, seja do lado de cima, seja da Linha do Equador. Pouco importa. O baixo de Zeca Assumpção, o piano do cubano Yanel Matos e a bateria de Ricardo Mosca é um convite para a diversidade musical. O sotaque, os cheiros, os ritmos, o feeling de Cuba dialogam com o jazz, com a música popular brasileira, e também com os nossos diversos jeitos de ser de cada estado, com seus ritmos, características e sonoridades. Dentro do trio, cabe convidado. Gravou Um dia de chuva em 2002. Neste Depois o sax e a flauta de Teco Cardoso estreita ainda mais o diálogo entre os instrumentos. E assim o Mani Padme cria espaços únicos. Tranquilos. Criativos. E, sobretudo, de integração.  Preciosidade. Aqui, alguns momentos do trio.

Anúncios

2 Respostas para “Mani Padmed Trio: Depois

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s