Por Aylan Kurdi: * 2012 * 2015

A foto estampa todos os jornais e sites do mundo inteiro. Não é necessário reproduzi-la. Assim continua caminhando a humanidade. Até quando? Quantos mais?

O sacrifício de Aylan, o pequeno sírio, não seja vazio e apenas contemplativo aos nossos olhos. Olhos de uma civilização que naufraga a cada fração de segundo que o mundo gira.

Anúncios

6 Respostas para “Por Aylan Kurdi: * 2012 * 2015

    • desejo que a humanidade pare e comece um novo processo de civilização mais justo, mais humano. pode ser utopia, mas precisamos acreditar que é possível. obrigado por estar aqui. meu abraço.

  1. Lamentável isso. Nada que se diga ameniza esse sentimento de impotência que toma conta da gente ante esses conflitos, onde tantos pagam um preço sobrehumano. Mas o que mais atormenta é saber que a ceifa está longe de acabar.

    Sensível reflexão e homenagem Fernando.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s