Madredeus: Ainda

ainda

Linguagens como cinema, palavra e música marcam frequentes encontros. Diferentes entre si, dialogam na diversidade de cada um e o mistério se completa e torna a vida mais rica e densa e interessante. Ainda do Madredeus foi concebido para ser trilha sonora do filme O céu de Lisboa do diretor Win Wenders. Foi mais que isso. Transformou-se em um disco cinematográfico por traduzir em melodias a fotografia da capital portuguesa. Mais além, coube trazer para dentro das harmonias a luz e as sombras do cotidiano da cidade. Suas histórias, seus andares pelas ruas, suas gentes. Faixas hipnóticas pela interpretação afetiva de Teresa Salgueiro, pelo talento de Pedro Ayres Magalhães e Francisco Ribeiro, revelam uma atmosfera apaixonante e aprisiona quem cai nessa teia de sensibilidade. Um disco de beleza singular, cuja leveza é âncora.

Anúncios

4 Respostas para “Madredeus: Ainda

  1. Meu coração tem um pé em Portugal, por conta de uma grande amiga que tenho por lá. Seu post me fez sentir mais saudades dela.

    Gostei desse paradoxo “leveza/âncora”. Algo pra se pensar muito… Um abrç leve feito âncora pra ti.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s