Traffic e experimentalismo no rock dos anos 60

01_Traffic_(Band)

É evidente que os anos sessenta foram a base de uma estrutura sonora, de uma estética tal qual um guarda-chuva onde se cobria tudo o que possível em nível de criação acontecia. Não era uma espécie de vale-tudo. Ao contrário, havia consequência no processo criativo em qualquer campo das artes, incluindo a música. O Traffic se filiou a essa corrente. Foi um supergrupo sem dúvida alguma. Formado por Steve Winwood, vocais e teclados, era do Spencer Davies Group. Com ele para o Traffic, a guitarra de Dave Mason, os sopros de Chris Wood e a bateria inconfundível de Jim Capaldi. Se olharmos os créditos de vários discos gravados desde então vamos encontrar esses nomes infinitos discos dos mais diversos astros da música. Mason, por exemplo, participou das jam sessions de All Things Must Pass de George Harrison. Steve, poucos anos atrás, dois ou três talvez, fez um disco maravilhoso com Eric Clapton. Capaldi, teve um período de sua vida aqui no Brasil. Mais tarde, o baixo de Rick Grech  e a percussão de Anthony Kwaku Baah formaram em definitivo o que seria o mais experimentalista dos grupos daqueles anos. A propósito, Rick no início dos anos setenta participou de uma faixa do disco Life in a tin can dos Bee Gees. O Traffic incorporou a sua sonoridade, e por isso se tornou o primeiro, a experimentação do sintetizador em suas canções. Ao mesclar tal sonoridade com a percussão, e outras formas de tocarem os instrumentos, criou uma mistura original e precursora entre o funk, o jazz, o soul, o folk e o blues. Seus álbuns são verdadeiras sequências de criatividade e suítes únicas, com trabalhos densos e inspirados para a época. Ao passar dos anos sua formação foi se modificando, e a banda também até esgotar sua capacidade de criar e ser original. Qualquer trabalho do Traffic, em especial dos anos 60 é clássico e um mergulho em suas canções é um alento e mostra como eram aqueles tempos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s